Git quick reference


Tentei em poucas linhas descrever os principais comandos que devem ser utilizados no git, espero que seja útil para quem busca uma documentação enxuta.

Ferramentas de configuração (define quem fez as atualizações)

  • $ git config –global user.name “[nome/nick do desenvolvedor]
    • Define o nome ou o apelido de quem realiza as alterações, o nome é enviado ao GIT e descreve quem realizou a alteração de maneira simples.
  • $ git config –global user.email “[e-mail do desenvolvedor]
    • Define o e-mail de quem realiza as alterações, o e-mail é enviado ao GIT e descreve quem realizou a alteração de maneira simples.
  • $ git config –global color.ui auto
    • As interações por linha de comando ficam coloridas com esse comando.

Criar Repositórios (inicia um novo repositório ou obtém de um já existente)

  • $ git init [nome do projeto]
    • Cria um novo repositório local com um nome já definido
  • $ git clone [url]
    • Baixa um projeto e os históricos de versões

Fazendo atualização pontual (revisão de alterações commit manual de alterações)

  • $ git status
    • Lista todas as alterações que precisam ser comitadas
  • $ git diff
    • Apresenta as diferenças entre arquivos que não estão staged
  • $ git add [files]
    • Adiciona o arquivo para o grupo (staged) que será comitado
  • $ git diff –staged
    • Apresenta as diferenças entre os arquivos staging e a ultima versão.
  • $ git reset [file]
    • Remove o arquivo do grupo (staged) que será comitado mas preserva seu conteúdo.
  • $ git commit -m “[descrição da alteração]
    • Gera um snapshot que pode ser utilizado futuramente para roolback por exemplo. Isso não gera uma versão apenas um snapshot, isso é importante para que as alterações sejam documentadas. Essa operação é realizada apenas localmente.

Fazendo atualizações para entregar uma funcionalidade

  • $ git branch
    • Lista todos os branches (termo que podemos utilizar para definir versões funcionais)
  • $ git branch [nome de uma nova branch]
    • Cria uma nova branch com o nome informado
  • $ git checkout [nome de uma branch existente]
    • Altera o conteúdo do local de trabalho para o snapshot da branch informada
  • $ git merge [nome de uma branch existente]
    • Combinará o código da branch informada com o conteúdo da branch atual que o git esta configurado no instante.
  • $ git branch -d [nome de uma branch existente]
    • Remove a branch informada

Remover arquivos

  • $ git rm [file]
    • Remove o arquivo do local de trabalho e do stage
  • $ git rm –cached [file]
    • Remove o arquivo do stage mas não remove do local de trabalho
  • $ git mv [nome do arquivo original] [novo nome do arquivo]
    • Altera o nome do arquivo local e na area do stage, pronto para comitar.

Removendo arquivos e diretórios de commit acidental/indevido

  • *.log
    build/
    temp-*

    • Esse é deve ser o conteúdo do .gitignore nesse arquivo ficam todos os diretórios arquivos ou padrões de arquivos que não devem ser comitados.
  • $ git  ls-files –other –ignored –exclude-standard
    • Lista todos os arquivos ignorados nesse projeto

Como salvar alterações incompletas sem comitar

  • $ git stash
    • Seria como um commit temporário não oficial.
  • $ git stash pop
    • Recupera os arquivos que foram salvo pelo stash
  • $ git stash list
    • Lista todos os stash realizados e não recuperados
  • $ git stash drop
    • Descarta os stash mais recente realizado.

Histórico

  • $ git log
    • Lista o histórico das versões da branch atual
  • $ git log –follow [file]
    • Lista o histórico de versão de um arquivo, incluindo se também foi renomeado
  • $ git diff [nome da primeira branch] [nome da segunda branch]
    • Apresenta a diferença entre as duas branch
  • $ git show [nome ou código de um commit]
    • Apresenta todos os detalhes  as mudanças de um commit especifico

Rollback dos commits realizados

  • $ git reset [nome do commit_1]
    • Desfaz todos os commits após o commit_1, mantendo as alterações locais
  • $ git reset –hard [nome do commit_1]
    • Descarta todos os histórico de mudanças após o commit_1 e atualizada a área de trabalho com a versão do commit_1

Atualizando o servidor com os commits locais

  • $ git fetch [geralmente utilizam o nome “origin”]
    • Faz download de todo o histórico do repositório, nesse exemplo seria do “origin”
  • $ git merge [geralmente utiliza o nome “origin”]/[nome de uma branch]
    • Combina o branch do origin com a branch local
  • $ git push [geralmente utilizam o nome “origin”] [o nome da branch remota]
    • Faz upload de todo o conteúdo local  para o servidor do Git
  • $ git pull
    • Faz o download de todo histórico do repositório incluindo as mudanças

Abaixo é possível entender melhor o que é o stage e o workflow para o uso do git

make-the-code-work-for-you-with-git-48-638

 

Fonte:
https://training.github.com/kit/downloads/github-git-cheat-sheet.pdf

Você pode seguir este artigo através do RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um Comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*