Design Pattern não é Plug and Play


Se você espera que sempre existe um Design Pattern que vai modelar seu projeto ou sistema, você está enganado. Design Pattern não resolvem seus problemas simplismente escolhendo e aplicando em seu projeto.

Design Pattern não é a implementação atual ou mesmo o algoritmo que resolverá seus problemas. Por exemplo, ao criar o desenho da estrutura de uma casa, por padrão todas tem que ter janelas. Essa regra podemos definir como um Design Pattern, mas onde colocar a janela, qual o tamanho e modelo da janela vai depender da casa e da localização dela. Se a casa for em uma região fria as janelas devem ter preferencia para serem planejadas de forma a entrar o máximo de luz para favorecer o aquecimento, mas se a casa estiver em uma reigão de calor as janelas devem ser desenhadas para receber o mínimo de luz e favorecer o máximo a circulação de ar.

Outra maneira análoga ao modo Design Patterns é compará-los com as notas musicais em uma escala. Você pode conhecer todas as notas em uma escala menor, mas jogá-los exatamente na ordem e no mesmo ritmo não faz uma música agradável. Você não pode abrir um livro de escalas, pegar uma escala e simplismente toca-la na guitarra e esperar que cada um pense que você é um compositor incrível. Seria muito chato e não resolveria o problema, porque a música é feita para demonstrar um conjunto específico de emoções através da arte. Desta forma, Design Patterns são como aqueles escalas no livro. Enquanto eles são os blocos de construção de um grande solo, cabe a você aplicá-las, e criar uma grande canção.

Você pode seguir este artigo através do RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um Comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*